segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Filosofia de bar

- Tá olhando pra você.
- Não tá, não.
- Tá sim
- Então estou olhando pra pessoa errada porque daqui do meu ângulo, só estou vendo aquele cara de costas.
- Quanto você bebeu até agora?
- O suficiente pra não entender o que está acontecendo aqui.
- Hahahahaha. Opa, ele tá vindo pra cá.
- Pelo menos me diz se ele é bonito.
- Sim, bonito.
- Ah que merda. Então é feio. Você tem um gosto péssimo.
- Mentira, você achava o ... Como é mesmo o nome dele?
- ...
- Bom, não importa, você o achava bonito.
- Não lembro de concordar com você nos últimos 10 anos.
- Faz menos tempo que isso.
- Ah, lembrei
- Tá vendo?
- Mas ele era burro feito uma porta. Dava até dó um menino tão bonito ser burro daquele jeito.
- Mas isso é o menos importante.
- Comassim?
- Homem burro é bom de cama.
- Hahahahaha. De onde você tirou isso? É exatamente o contrário.
- Claro que não.
- Claro que sim. Faz todo sentido. Meninos inteligentes lêem mais, logo, eles sabem mais.
- Não. Meninos inteligentes lêem mais, logo, não fazem sexo.
- Hahahahaha Que loucura. Eu não concordo.
- Do que estávamos falando mesmo?
- Estávamos falando das cantadas furadas...
- Ah é.
- ...Mas não lembro de mais nenhuma.
- Nem eu. Mas as que lembramos já eram suficientes. Mas eu gosto de algumas delas.
- Odeio cantadas. No máximo, acho engraçado o esforço para tentar agradar.
- Eu acho válido. Se não fossem pelas cantadas, como conversaríamos com alguém que nos interessa?
- Conversando normalmente. Como você faz pra chegar em alguém?
- Eu nunca chego em alguém. Fico esperando.
- Sério?
- Sim, por que?
- E se o cara que você estiver interessada não vier até você?
- Ah, alguém sempre vem.
- Hahahahaha E você fica na vontade?
- Não, na vontade nunca fico. Todos são substituíveis.
- Doideira. Algumas pessoas não são, não.
- Ah, sei lá. Prefiro pensar assim já que não há outra solução.
- Lógico que há uma outra solução. Você pode chegar no cara, sem cantadas, de preferência.
- Ôo. Até parece.
- Por que não?
- Não tenho coragem, não.
- Hahahahaha Por que?
- O que eu iria falar?
- Conversa normalmente.
- Mas como eu vou conversar com alguém que não conheço?
- Melhor ainda, mais assunto pra conversar.
- Você faz isso?
- Opa. Fica vendo.

4 comentários:

Flavio Pucci disse...

tudo menos conversar do tempo....sobre o tempo, deixa pro elevador...."acho que vai chover, qual o seu andar mesmo?"

Guadalupe disse...

EU CONVERSO COM TODAS AS PESSOAS...tenho assunto até com quem não me agrada...sou muito dada! hahahahahaha
Sou uma simpatia de pessoa!

G.G. disse...

eu pergunto se o cara sabe o que SAP.
hahahahahaha

Flavio disse...

ohhhh da hora isso aki esse negocio de comunicação é comigo eu amo o ser humano até os que matam depois de uma boa conversa. Bom quem me conhece sabe amo perder tempo com as pessoas


flavio bonitão