sábado, 2 de fevereiro de 2008

Aos não comedores de animais

Nunca tive nada contra as pessoas que não comem carne. Pelo contrário, já fui uma vegetariana por 2 (longos e tristes) anos e, como toda experiência é válida, aprendi a incluir coisas que eu detestava no meu cardápio. Mas, uma coisa digo, nunca pentelhei ninguém com esse papinho de “seja vegetariano e ganhe a vida eterna”.

O fato que me levou a escrever esse texto foram as coisas mais absurdas que já li desse pessoal fanático por folha de alface. No site http://www.colivre.coop.br/Aurium/Vegetarianismo alguém faz o esforço de tentar colocar na cabeça das pessoas a idéia de que não comer carne faz parte da “evolução da espécie”.

No fim da página, em “argumentos anti-vegetarianos”, o autor escreve os argumentos que ele ouviu de pessoas que comem carne. Um deles era esse:

“Um leão não levaria em conta meu sofrimento.”

E então, a resposta:

“Leão tem esse nível de discernimento? Você acredita mesmo que você vive dentro das regras de uma cadeia alimentar natural? Que noção absurda de justiça é essa que te dá poderes de matar outros seres pela possibilidade de ser morto por um? Um humano poderia te matar tb... e isso é muito mais provável. “

Tá ok, então o leão não tem esse “nível de discernimento”. Isso quer dizer, então, que quando o autor comenta na última questão que é muito mais provável que um outro ser humano nos mate, tudo bem então sairmos matando pessoas por aí?

Logo abaixo dessa lição de justiça, há duas imagens: A foto superior com uma pilha de animais mortos e na inferior, uma pilha de pessoas mortas. Daí a frase no meio das imagens: “Para os animais, todos os humanos são nazistas”. Espera aí, agora os animais tem nível de discernimento? Como é que eles sabem do nazismo? Como eles sabem que somos seres humanos e que vamos matá-los e come-los? Aí ficou um pouco contraditório.

Como se não bastasse toda essa chateação, ainda tem as frases feitas do tipo: “Amigo não leva amigo pro churrasco”. “Se você ama uns, por que come outros?” e por aí vai. Uma coisa é você ser vegetariano ou vegan porque você quis assim, porque você tem seus princípios. Não quer dizer, de forma alguma, que todos precisam fazer e pensar as mesmas coisas e que quem não pensa assim, deve ser banido do mundo.

Que péssimo hábito as pessoas tem de pregar pra todo mundo suas crenças. Imagina o quanto seria chato viver num mundo onde todos pensassem da mesma forma? Imagina viver num mundo sem churrasco? Aliás, não chamar o amigo pra ir no churrasco é falta de educação. E o livre-arbítrio?

Argumento bom, é argumento com coerência. Sem isso, a melhor coisa a fazer é ficar bem quietinho comendo a cenoura em casa.

Isso acaba nos levando ao extremismo das pessoas. Não conheço nenhum vegan sequer que não seja extremista. E não conheço nenhum vegan que não faça terapia, ou que não seja frustrado sexualmente, ou que não viva indo pro hospital com problemas estomacais e com anemia. De toda a história da humanidade, os extremistas foram os ditadores mais neuróticos. Um grande exemplo, Hitler, que, coincidentemente, era vegetariano, tinha graves problemas no estômago e o psicológico, nem precisamos comentar. O problema de pessoas fanáticas é que elas acabam saindo de uma linha de raciocínio e partem para a mais pura ignorância. Começam não comendo carne e terminam matando uma população inteira. Ainda bem que o Hitler prosseguiu com a linha de raciocínio dele e se matou. Talvez esses problemas mentais e físicos ocorram por falta de carne. Sim, um contra-filé mal passado, um frango na grelha, bacon, salame.

Os vegetarianos podem até ter bons motivos particulares para não gostar de carne e preferir legumes e verduras. Mas mexer no meu prato enquanto eu estiver degustando uma picanha deliciosa pra falar em defesa dos animais (que sequer tem discernimento, né?), aí já é demais.

9 comentários:

Angélica disse...

Parabéns! Vai longe com esse pensamento.
Primeiro, Hitler não fez nada, quem fez foi o próprio povo alemão. Ele apenas plantou uma idéia (já existente, porém reprimida na mente daquele povo)e o povo alemão executou-a com gosto, porque já concordava com aquilo.
E segundo, o homem realmente não precisa de carne para sobreviver, isso é provado. Nós não éramos carnívoros, nos tornamos. E porquê?
Porque decidimos que éramos mais fortes e resolvemos passar a matar os mais fracos.
É claro que depois desse tempo todo, com gerações e gerações se alimentando de bichos mortos o organismo mudou, mas nada que não possa ser readaptado e "arrependido". Afinal, os alemães juram que se arrependeram e que a culpa foi de Hitler né...
O mesmo aconteceu com os negros. Os homens brancos decidiram que eles eram uma raça inferior, os capturaram e transformaram em escravos.
Quem nos garante que daqui algum tempo não seremos nós considerados raça inferior? E o que nos acontecerá?
Então, pegue logo seu pedaço de picanha e coma enquanto ainda pode se dar esse luxo.

Ser vegan é escolha minha, só minha! disse...

Não tenho porque discutir com você sobre meus princípios, não estou aqui em busca de "justificativas" e respeito o direito que você tem de expôr seus pensamentos.
Mas uma pergunta não quer calar: Por que todo ser humano precisa de justificativa?
Você está se justificando por quê?
O que pretende com isso?
Será que acredita realmente em tudo que escreveu ou está querendo apenas uma justificativa para continuar a fazer algo que no fundo também não concorda?
Tudo pode se a justificativa for boa!
Matar não pode, mas se a justificativa for legítima defesa, aí pode.
Coma o que quiser, beba o que quiser, a vida é sua e a escolha também, ninguém precisa de suas justificativas, a não ser que você se sinta realmente culpada de algo e precise da "aprovação" através da "justificação".

G.G. disse...

Cheio de glitter e polemica este post! hahahahaha
parabéns, amiga!
hahaha
=]

Guadalupe disse...

Digamos que extremismo se aplica a tudo... religião, futebol, crenças... tudo!!!
Creio que tudo que é de mais não faz bem e tudo que é de menos também!
Gostaria que as pessoas não fizessem o que fazem com os animais...testes em laboratórios por exemplo.... eu faço a minha parte, mas não obrigo ninguem a seguir o meu estilo de vida!!!

Guadalupe disse...

Mimmy, sou muito feliz por isso algumas pessoas não gostam de mim... mas tudo bem... eu assino meus comentários... as pessoas não felizes não assinam...

Dalton disse...

Este post cumpriu seu propósito. Pegamos a srta anônima pela boca

Flavio Pucci disse...

um amigo meu uma vez, comeu uma pessoa!

carol felix disse...

Viva os churrascos!!Uma das poucas coisas que sinto falta ai do Brasil.
Ve se me manda uma picanha sangrenta, mas veja se o boi não é judeu antes!

Marla disse...

Não axo q vce esteja dando uma justificativa! e sim dizendo oq vc pensa, assim como os vegetarianos fanaticos colocam em sites da internet fotinhas de animais fazendo compras de pedaços humanos! nhé nhé! Se eles nao tivessem grama pra comer nos comeriam, como nós nao podemos comer grama sem gosto, comemos eles! caramba...ngm estudou cadeia alimentar? leoes sao assassinos frios agra? Eles tambem sao animais, uéééééé! ¬¬