quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Paralelo

Ele é mais Paul, eu sou mais Lennon
Eu sou mais Amarante, ele é mais Camelo

Eu sou mais música, ele é mais livro
Ele é mais direto, eu sou mais labirinto

Ele é mais casa, eu sou mais rua
Ele é mais sol, eu sou mais lua

Ele é mais chá, eu sou mais café
Ele é mais carro, eu sou mais a pé

Ele é mais doce, eu sou mais salgado
Ele é mais charuto, eu sou mais cigarro

E se tu é mais praia e eu sou mais campo
Não importa, meu bem, só sei que te amo.

2 comentários:

Dalton disse...

Lindo. Quero ser "ele".

caio carmacho disse...

poeminha maravilha